Pessoal

TAG: Ler é um presente

Oi pessoal! Já fazia um tempinho que eu não postava uma TAG nova aqui no blog e assim que vi essa lá no Uma Pedra no Caminho, para comemorar os 100 posts do blog, decidi postar aqui também, mesmo não sendo aniversário do Máquina. Quer conferir quais são as minhas respostas? É só ler abaixo!

big-sale-background_23-2147511369

1. “É só uma lembrancinha…”

Fiquei apaixonada quando ganhei meu exemplar de O Canto da Princesa Rubra do autor/amigo/pessoa maravilhosa Ulisses Belleigoli. É um livro pequeno, repleto de ilustrações lindíssimas e em capa dura, um primor!

2.”Não precisava!” 

Todo Natal eu sempre coloco livros na lista do amigo-oculto da família, mas normalmente ganho outras coisas. Até que no ano retrasado ganhei o Cartas de Amor aos Mortos, da Ava Dellaria, e hoje recomendo pra todo mundo.

3. A embalagem perfeita

Assim que vi a capa mais recente de O Grande Gatsby, nos moldes do pôster do filme, pensei que seria um livro sensacional. E a história me prendeu do começo ao fim mesmo eu tendo que lê-la para uma disciplina na faculdade.

4. Presente dos deuses

Sou suspeita para falar dos livros do Neil Gaiman, mas quando li O Oceano no Fim do Caminho, senti uma real transformação em mim tal qual o protagonista sente. Acho que me tornei mais aberta à histórias simples, mas de reflexão profunda.

5. Surpresa!

Confesso que quando comecei a ler A Filha do Império, da  Janny Wurts e Raymond E. Feist, eu não estava muito entretida, mas à medida que a leitura progrediu, percebi que se tratava de uma história fenomenal!

6. “É a sua cara!”

Sou uma fã incondicional de fantasia/ficção científica e quando li o Guia do Mochileiro das Galáxias, meu primeiro pensamento foi: “esse é o meu livro!”.

7. Presente de grego

Me recomendaram que lesse as Crônicas de Artur, do Bernard Cornwell. Lá fui eu ler e quando finalmente cheguei no final, quis jogar o livro pela janela. Para outras concluões, recomendo a leitura, ok?

8. “mais afortunado é dar do que receber…”

Gosto bastante de presentear os outros com livros e há alguns anos, presenteei minha irmã mais nova com um exemplar de Jogos Vorazes, da Suzanne Collins, que ela amou e eu também.

9. “Pode trocar, se precisar!”

Vez ou outra meu exemplar de Guerra e Paz, do Liev Tolstói, me olha de esguelha sempre que abro o livreiro pra pegar alguma coisa. Juro que comecei a ler, mas tive de parar: não deu para continuar, o livro era gigante demais para carregar e complexo demais para ler a esmo.

10. Ainda na wishlist…

Aproveitando o momento, estou aceitando o As Águas-Vivas não Sabem de Si, da Aline Valek, ok?


E vocês, pessoal? Quais são as suas respostas? Comentem aí em baixo! Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s