Pessoal

O namorado dinamarquês

O amor é mesmo uma coisa inesperada. Estou falando isso justamente pois quando menos se espera o cupido vem e flecha o seu coração. Isso aconteceu comigo não tem muito tempo. Eu estava na minha, sabe? Tinha tomado um banho refrescante, feito uma maquiagem leve e saído de casa para um encontro entre amigas. A noite prometia ser animada, com muitas conversas bacanas e experiências divertidas e memoráveis. Mas eu não estava nem um pouco preparada para o que iria acontecer comigo.

O clima não poderia ser mais descontraído no bar onde estávamos todas reunidas, rindo e comentando de tudo um pouco. Tirando um eventual calor no ambiente, tudo era só alegria. Precavida, eu havia levado meu leque de paetês na bolsa, meio que já esperando as elevadas temperaturas. Papo ia e papo vinha enquanto nós degustávamos uma deliciosa porção de batatas fritas e bebíamos suco naturais geladinhos para aplacar o mormaço.

Ao nosso redor, todo mundo socializava e conversava sobre os mais variados assuntos. A galera de moda estava deslumbrada com as tendências atuais, a galera da beleza distribuía dicas bacanérrimas, a galera do design estava numa felicidade só por poder divulgar os seus trabalhos, a galera da fotografia não dava sossego para as câmeras. Tudo ia super bem, até que minha atenção se voltou inteiramente e inesperadamente para um dinamarquês que estava entre nós.

Durante boa parte da noite ele ficou num canto, na dele, sem falar nada. Mas sempre atraindo a atenção da galera com sua roupa vermelha e elegância inegável. Não vou negar que parte dessa atenção atraída foi a minha. Não vou negar que no heat of the moment, quando o dito dinamarquês finalmente abandonou seu estado de inércia e veio parar nos meus braços, eu achei que havia chegado ao Nirvana. Agora ele está aqui comigo, pertinho de mim. E claro, estou tão feliz que a única coisa que consigo pensar é: eu te amo, caixa de chocolates da Kopenhagen! 

P.S: Nina e Ju, escrevi especialmente pra vocês, ok?

Anúncios

5 comentários em “O namorado dinamarquês

  1. Ai que amor! ❤
    Vc e essa sacolinha de chocolates! Não desgrudou um segundo, não deu nem pra roubar um bombom despistadamente! haha
    Sucesso seu texto! Fico feliz de ter recebido tanto carinho! 🙂
    Grande beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s