Pessoal · Texto Curto

Entre esperas…

Muita gente vive esperando que algo aconteça. Pode ser algo grandioso. Pode ser algo simples. Mas a verdade é que todo mundo espera alguma coisa. Mães ansiosas esperam o nascimento dos seus bebês. Jovens estudantes esperam o resultado das provas de vestibular. Torcedores esperam seu time marcar o gol da vitória. Funcionários entediados esperam o fim do expediente. Crianças esperam datas como seus aniversários e o Natal,  para ganhar um presente.

Alguns lidam bem com a espera. Outros não. Alguns não se importam em esperar, outros vivem às voltas com a ansiedade, com o nervosismo. Alguns sequer demonstram que estão esperando. Outros estampam no rosto o quão afetados estão com o fato de terem que esperar. Todavia, existem criaturas que vivem no limiar entre demonstrar e não demonstrar seus sentimentos com relação à espera.

Essas criaturas, apesar de bastante conhecidas, nem sempre são reconhecidas em público. São criaturas de ambos os sexos e de todos os sexos que estão nesse meio. São criaturas altas, baixas, morenas, loiras, ruivas, carecas, gordas, magras. De todos os jeitos e de todos os lugares. São criaturas que falam várias línguas, até ao mesmo tempo. São criaturas que entendem várias línguas, até ao mesmo tempo novamente.

Falando assim, tem-se a impressão que essas criaturas estão à ponto de dominar o nosso mundo. Mas é a espera, é sempre a bendita espera que as impede. Essas criaturas vivem à espera de uma mensagem que parece nunca chegar. Uma mensagem que irá mudar as suas vidas. Uma mensagem que as fará sair por aí saltitando de felicidade. Uma mensagem que jamais será esquecida. Uma mensagem que será respondida prontamente, invariavelmente com um sorriso no rosto.

Mas enquanto essa mensagem não chega, as criaturas ficam a transitar por entre as mais variadas esperas da vida. Desafortunadas são essas criaturas: escritores à espera do aceite de uma editora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s