Pessoal · Texto Curto

Ensaio sobre as pessoas paradoxo

Bom, antes que se perguntem que diabos é uma pessoa paradoxo, devo dizer que ensaiei bastante o que iria dizer sobre esses milhões de seres humanos que circulam por aí. E há uma grande chance de eu falhar miseravelmente nessa explicação, mas vamos ao que interessa.

As pessoas paradoxo estão por toda parte, mesmo sem jamais se darem conta de que são assim. Muitas nascem, crescem e morrem sem saber que são, digamos, paradoxais. Isso acontece justamente por não serem elas a se rotularem. O rótulo vem das outras pessoas ao redor, daquelas que batem no peito com orgulho e enchem a boca para dizer que são normais.

Para essas pessoas ditas normais, ter na família ou no círculo de conhecidos qualquer um que destoe, ainda que seja só um pouquinho do demais, já é motivo suficiente para chamar o outro de paradoxo. Para essas pessoas ditas normais, os paradoxais são aqueles que podem ser criticados  quando não gostam de pedir nada a ninguém e quando, depois de muito relutar, o fazem.

Os paradoxais são aqueles tipos difíceis de presentear no amigo oculto, mesmo quando suas preferências estão  na lista de sugestões justamente para facilitar a coisa toda. Os paradoxais são aqueles cujo gosto para a vida deve ser ignorado e suprimido pois não combina com o do resto do seu círculo social. Os paradoxais são aqueles que, quando crianças, eram zombados o tempo todo e preferiam ficar na sua, na companhia de um livro ou de um brinquedo qualquer, inventando em suas cabeças uma realidade em que nada daquilo fosse real. Os paradoxais eram aqueles que, na escola, só recebiam atenção dos outros quando sua ajuda era necessária numa prova, trabalho ou gincana.

Pessoas paradoxo estão realmente por toda parte, vivendo suas vidas como as pessoas normais vivem, respirando o mesmo ar que as pessoas normais respiram, lidando com os mesmos problemas que as pessoas normais lidam. Ora, mas de onde vem esse raio de rótulo? Por que razão as pessoas chamam as outras de paradoxo? A resposta é simples.

As pessoas paradoxo, apesar de não circularem pelas ruas e cidades com um grande letreiro pendurado no pescoço, enfrentaram e ainda enfrentam uma senhora rejeição por parte daqueles que lhes cercam, e mesmo quando o universo inteiro conspira contra elas, mesmo quando todas as probabilidades infinitas parecem estar trabalhando para o seu fracasso, as pessoas paradoxo não se deixam vencer.

Elas continuam andando pelas ruas com suas cabeças erguidas, pois, ao contrário das pessoas normais, que vivem em função de padrões sociais repressores, as pessoas paradoxo não devem nada a ninguém. E passar bem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s